Blitz + Emicida

Não deu pros Black Stars. A derrota para Portugal mandou a seleção ganesa de volta a África, mas, pra Gana, o Brasil é logo ao lado. Na suíte All Around the World e Respect Mine (faixa do EP Warm Up, de 2013), o rapper ganês Blitz The Ambassador versa ao lado de Emicida e Kamau sobre os encontros do terceiro mundo.

Seu panafricanismo vai além do continente numa toada sobre células de percussão, metais agudos e guitarras em arpejo. No mesmo dia da desclassificação de Gana, Blitz continua como um dos maiores rappers africanos.

Facebooktwitterredditpinterestmail
[ssba]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *