O rock pra inglês ver do Tourism

Mais uma dos aussies. Essa vem com gosto de lanche pronto do Tesco — sem essa de Fish and Chips.

O som australiano do Tourism usa a fórmula cansada do primeiro Arctic Monkeys que, veja só, já tem mais de dez anos. Ao menos no single “City Never Sleeps”, até a voz de Joe, vocal e banda, lembra Alex Turner na sua adolescência de apostas na pista de dança. A assinatura da banda fica nas levadas singelas, de caixa-chimbau a guitarra base. Também numa animada toada caipira-folk. Resquício de um Kings of Convenience elétrico ou um Vampire Weekend acústico.

Não que seja original. Não que haja muita originalidade por aí. Não que os recortes precisem ser tão evidentes assim. Não que não agrade.

Para você que gosta de: Arctic Monkeys, The Libertines, The Kooks Aquelas bandas que salvar(i)am o rock.

Onde você poderia ouvir: num palco low-profile do Lollapalooza Brasil.

Para quem acha que: o retrô dos anos 80 ainda resiste; os anos 2000 já estão sendo lembrados!

A música: Horses Back, que não aparece na página oficial deles no Facebook.

Facebooktwitterredditpinterestmail
[ssba]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *